sexta-feira, 4 de setembro de 2020

Trizidela do Vale: Pesquisa Manipulada Indica Falsa Vantagem da Situação

 


A pesquisa da Exata divulgada nesta sexta-feira (04), que coloca o então pré- candidato a prefeito do município de Trizidela do Vale, Deibson Balé (PDT), em significativa vantagem sobre o segundo colocado, o pré-candidato a prefeito da oposição, deputado estadual Vinicius Louro,  apresenta resultado falso pela metodologia utilizada. 

Isto é, a pesquisa foi escancaradamente manipulada. Registraram a pesquisa apenas para cumprir a exigência legal de poder publicá-la, mas seus contratantes indicaram à empresa os setores que devem ser pesquisados. E esses locais são regiões em que o suposto primeiro colocado tem franca vantagem, como é o caso do Povoado Morro dos Caboclos, por exemplo; fazendo aparecer um resultado falseado e artificial perante a realidade.

Localidades importantes como Baixinha, Rua do Campo, Bairro da Baixada, além dos Povoados Pau Real, Iguará, Santa Maria dos Ricardos, Alto de Areia e outros, sequer foram pesquisados. Se os moradores dessas localidades fossem consultados, o resultado seria bem diferente. Além disso, alguns desses locais tiveram quantidade de entrevistados demasiadamente superior a outros.

Vale ressaltar que o grupo da situação está há 16 anos no poder e seu candidato está há um ano e meio em pré-campanha. 

Já o pré-candidato a prefeito, o deputado estadual Vinícius Louro, está há apenas 45 dias com seu nome para apreciação popular. Dessa forma, aparecer com 26% em tão pouco tempo, significa um crescimento que demonstra reais condições de vencer as eleições. 

 

Sem esquecer que o atual gestor do município em 2012, quando venceu sua primeira eleição, aparecia com apenas 16% no mesmo período da sua pré-campanha.

 

Portanto, mesmo manipulada,  a pesquisa da Exata foi feita para prejudicar o deputado estadual Vinícius Louro, crescente nas pesquisas e com amplo apoio popular, e na verdade, demonstra sua avassaladora força eleitoral e futura vitória!

essa materia:    Facebook  Twitter  Google+

0 comentários: