sexta-feira, 8 de maio de 2020

Prefeitura de Pedreiras esclarece os motivos da compra do álcool em gel


Em matéria-denúncia intitulada “Enquanto Lima Campos compra álcool em gel de R$14,00 a unidade, Pedreiras compra por R$31,00”, pelo blog Delabarrera Notícias, nesta data de 08 de maio de 2020, cita uma distorção em valores do produto álcool em gel.



 

ESTADO DO MARANHÃO
PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDREIRAS
CEP: 65725-000 – PEDREIRAS - MA



A Prefeitura de Pedreiras vem esclarecer que:

O município de Pedreiras pesquisou preços de vários fornecedores entre os dias 28 de março a 01 de abril de 2020, para aquisição de Álcool em Gel 70% para atender as necessidades especificas do Hospital Municipal Geral, que tivesse uma melhor concentração de álcool etílico hidratado.

É de conhecimento geral que nesse período faltou o produto até mesmo nas farmácias locais, o que levou as empresas que tinham estoque elevarem o preço, ficando o mercado flexível.

Diante da necessidade, a Prefeitura Municipal adquiriu o produto, mesmo com preço em alta, em uma quantidade resumida, porque entedia que haveria uma normalidade do mercado.

Conforme os dados publicados pelo blogueiro, sem procurar a outra parte (prefeitura) para qualquer esclarecimento, queremos justificar que somente 22 dias depois é que a Prefeitura de Lima Campos adquiriu o mesmo produto quando já havia a normalidade de mercado por um valor R$ 14,00 (quatorze reais) - (fonte – Justificativa de contrato – SACOP/TCE-MA)

A Prefeitura de Pedreiras comunica que hoje está adquirindo o mesmo produto pelo valor de R$ 10,20 (dez reis e vinte centavos), portanto preço inferior ao adquirido pela prefeitura vizinha, justificando assim a desequilíbrio de mercado no início da Pandemia.

Ademais, a Prefeitura de Pedreiras está aberta para esclarecimentos à sociedade e cumprindo todas as obrigações legais, com as informações devidas e com justificativas aos órgãos de controle.


Pedreiras (MA), 08 de maio de 2020

Antônio França de Sousa

Prefeito municipal




essa materia:    Facebook  Twitter  Google+

0 comentários: