terça-feira, 7 de abril de 2020

Acadêmicos da FAESF imploram por redução das mensalidades e exige um olhar mais sensível da instituição diante das situações que estão passando.


   
IMAGEM RETIRADA  DA INTERNET - FAESF - MA

O nosso portal de Notícias têm recebido diariamente denúncias e várias menções em posts publicados por acadêmicos da Faculdade de Educação São Francisco acerca da grande problemática que estão vivendo: a falta de sensibilidade da Instituição em não ter reduzido até o momento os valores das mensalidades dos cursos.

A Instituição supracitada está sendo alvo de críticas pelos próprios acadêmicos, pois a Instituição  seguindo o decreto Estadual suspendeu as aulas presenciais, criando então o modelo improvisado EAD – Educação á Distância que não é nada a sua cara.  O modelo que do dia pra noite fora criado, surge com  os seguintes intuitos: manter o calendário em dias,  e principalmente os pagamentos das mensalidades, pois com o ensino a distância ofertado, os acadêmicos não seriam prejudicados e nem tão pouco os professores teriam que repor aulas.  Só que a Instituição por falta de um olhar sensível não compreendeu que seus consumidores são diferenciados.

Existem consumidores que mesmo diante da crise pode pagar normalmente suas mensalidades, existem consumidores que são sustentados pelos pais, e esses pais por trabalharem e no comércio que realizam atividades não essenciais estão parados, ou seja, estando parados e não possuem condições de continuar com o pagamento das mensalidades, e existem alunos independentes, não depende dos pais, mas dependem do seu trabalho para pagar suas mensalidades, e por estarem parados, não tem como pagar.

Mediante a esses e outros problemas os alunos pedem que sejam reduzidas os valores das mensalidades ou que façam como outras instituições que anteciparam as férias, pois do jeito que está não dá pra suportar, relatou um acadêmico do curso de Enfermagem o nosso portal de Noticias. A faculdade até agora não atendeu as reclamações dos alunos, deixando-os sem respostas, e continua firme com sua decisão.  Confira Decisão da Instituição FAESF

A Instituição até agora não se manifestou em relação se haverá redução ou não das mensalidades, mas insiste em dizer que irá continuar com o seu modelo improvisado EAD.  Os acadêmicos estão desnorteados, o Deputado Estadual Duarte Jr já entrou com uma Ação Civil Pública em defesa dos descontos das mensalidades de cursos ofertados pelas  Instituições de Ensino Superior Privado, de todo estado do Maranhão, a decisão deve sair a qualquer momento.
essa materia:    Facebook  Twitter  Google+