sexta-feira, 22 de março de 2019

O prefeito de Capinzal do Norte – MA e os técnicos da Secretaria Municipal de Educação participaram da solenidade de lançamento do Pacto Estadual pela Aprendizagem.



A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Laercio Martins, pessoas sorrindo, pessoas em pé, terno e área interna

O prefeito de Capinzal do Norte – MA,  André Portela, juntamente com os técnicos da Secretaria Municipal de Educação, Elissandra Abreu e Laércio Martins, estiveram presentes na solenidade do Programa Pacto Estadual pela Aprendizagem,  ocorrido no dia 20/03 (quarta-feira) em São Luís – MA.
A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Laercio Martins, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna
Prefeito André Portela  e os técnicos da Secretaria Municipal de Educação de Capinzal do Norte:  Elissandra Abreu e Laércio Martins.
O evento contou com a participação do governador do Estado, Flávio Dino e com cerca de mais de duzentos (200) educadores do Maranhão.  E claro, Capinzal do Norte não foi tão somente representada pelos técnicos mencionados acima ( Elissandra Abreu e Laércio Martins) como também o próprio gestor ( André Portela) esteve presente em um ato tão importante no que diz respeito a educação, e que inclusive em sinal  de aceitação aderiu o programa que agora será trabalhado com vigor na educação Capinzalense.
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, terno e área interna
Prefeito André Portela – Capinzal do Norte assinando o Pacto Estadual pela Aprendizagem.
Para quem não conhece a respeito desse programa, é bom deixar claro que se trata de algo bastante importante no universo da educação, pois esse Pacto Estadual pela Aprendizagem busca potencializar o regime de colaboração previsto no Programa Escola Digna, fortalecendo as ações voltadas à melhoria dos indicadores e à concretização das metas dos Planos de Educação.
Entre os objetivos do pacto, destacam-se a garantia de que todos os estudantes do território maranhense estejam alfabetizados, em Língua Portuguesa e em Matemática, na idade certa; a redução da distorção idade-série na Educação Básica; a elevação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), além da contribuição no aperfeiçoamento da formação dos profissionais de educação das redes municipais.

essa materia:    Facebook  Twitter  Google+

0 comentários: