terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Justiça do Trabalho determina bloqueio de R$ 800 milhões da Vale

A juíza Renata Lopes Vale, da 2ª Vara do Trabalho de Betim (MG), determinou nesta 2ª feira (28.jan.2019) o bloqueio de R$ 800 milhões da Vale. Leia a íntegra da decisão.
A medida visa assegurar o sustento das famílias dos desaparecidos após o rompimento de uma barragem da mineradora na 6ª feira (25.jan) na Mina Córrego do Feijão em Brumadinho (MG). A decisão responde a 1 pedido do MPT (Ministério Público do Trabalho), ajuizado no domingo (27.jan).

Atuação do MPT

Em nota, o MPT informou no domingo (27.jan) que fará 1 diagnóstico da tragédia e integrará uma força-tarefa institucional criada ainda na 6ª feira (25.jan). O órgão vai apurar as responsabilidades trabalhistas envolvidas no rompimento da barragem.
O objetivo do grupo também é melhorar as normas de segurança dos trabalhadores e adotar procedimentos que reduzam os riscos de novos acidentes em mineradoras.
A força-tarefa reúne Ministério Público de Minas Gerais, Ministério Público Federal, Advocacia Geral do Estado, Defensoria Pública, Polícias Civil e Militar, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros.
Os procuradores do trabalho foram a Brumadinho e buscam informações para subsidiar o andamento das investigações.
Fonte: Estadão

essa materia:    Facebook  Twitter  Google+

0 comentários: