domingo, 11 de novembro de 2018

Polícia acha cocaína em produtora de MC Gui e cantor pode ser preso

MC Gui e três de seus familiares estão sendo investigados pela 3ª Delegacia da Polinter de São Paulo. Na quarta-feira (7/11), após um mandado de busca na produtora RW, da qual a família do funkeiro é dona, a polícia encontrou diversos pinos com cocaína, além de uma Mercedes Benz avaliada em R$ 800 mil.
De acordo com a revista Quem, a situação se trata de “um crime complexo que envolve agressão, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica”, como informou o delegado Osvaldo Nico, do Departamento de Capturas e Delegacias Especializadas.
Nas investigações, foi descoberto, ainda, que a família de Gui promovia leilões falsos na internet. “É evidente a ligação dos familiares dele com a produtora e com este site de leilão. Um leilão falso, no qual a pessoa compra, deposita o dinheiro e depois o site sai fora do ar”, revelou o delegado. Conforme Nico, os pais do cantor, além de um avô de Gui, estão sob investigação há três meses.
Segundo Nico, o grupo fez mais de 70 vítimas. “O MC Gui está com os pais nos Estados Unidos e tem evitado prestar depoimento sobre as acusações que envolvem a produtora de shows”, informou o delegado. Os itens apreendidos na produtora foram levados à delegacia para investigação.
À Quem, Cláudia Castanheira, mãe de Gui, disse estar tranquila. “Hoje conversamos com a polícia e com a excelente competência da Polícia Civil do Estado de São Paulo. Tudo será esclarecido. Não temos culpa de nada, mas infelizmente estamos fora do país e vamos postar uma nota de esclarecimento a todos”, explicou.
Nas redes sociais, o funkeiro falou sobre a droga encontrada pelas autoridades e relembrou a morte de Gustavo, seu irmão, em 2014. “Nunca vou me esquecer nem por um segundo que eu perdi meu irmão, primo e amigos por conta das drogas. Elas só trouxeram dor e sofrimento à minha família”, desabafou.



essa materia:    Facebook  Twitter  Google+

0 comentários: