quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Pedreiras alcança um marco histórico no controle e combate à Leishmaniose Visceral Canina (Calazar).





Pedreiras alcança um marco histórico no controle e combate à Leishmaniose Visceral Canina (Calazar). A Vigilância Epidemiológica e Laboratório Municipal de Pedreiras firmaram parceria com o Centro de Controle de Zoonoses de Caxias para realização de teste sorológico confirmatório para Calazar.



Entre as medidas de combate e controle ao Calazar adotadas pelo Município está a realização do Teste Rápido (TR DPP), uma maneira mais imediata e segura para diagnóstico da doença. Segundo a equipe técnica, acontece que em alguns casos o proprietário do animal questiona a veracidade do resultado do teste, neste caso o Município passa a oferecer gratuitamente a contraprova.  

De acordo com o coordenador de Combate as Endemias, João Andreza, “a contraprova será oferecida de acordo com critérios clínicos, para animais que testaram positivo e são assintomáticos”, assegura. Ele explica ainda que cães que testam positivo e apresentam os sintomas clínicos do calazar dispensam essa contraprova.

Segundo Andreza, os sintomas do calazar nos cães são perda de peso, falta de apetite, apatia, lesões oculares, crescimento exagerado das unhas, feridas de pele que não cicatrizam, feridas nos bordos das orelhas, queda de pelos em volta dos olhos.

A equipe técnica da Vigilância Epidemiológica fará visitas agendadas para realizar a coleta do material que será enviado ao Laboratório Central, no Centro de Controle de Zoonoses.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Elza David, explica que, “a contraprova é importante, pois qualifica ainda mais o nosso serviço, eliminando assim a possibilidade de um falso positivo, nos dando segurança para a adoção das medidas sanitárias cabíveis no caso dos cães positivos”.

*com a colaboração de Marcos Vale, da SEMUS (Vigilância Epidemiológica)








essa materia:    Facebook  Twitter  Google+

0 comentários: