segunda-feira, 11 de junho de 2018

Quatro blogueiros foram assassinados nos últimos anos no Maranhão


O Maranhão é um dos estados brasileiros mais perigosos para profissionais da imprensa, sendo os blogueiros os que mais sofrem graves violações. Eles são assassinados ou ameaçados, porque têm um ponto de vista específico sobre os assuntos públicos, porque têm uma opinião, fazem denúncias e defendem seus juízos de valores.
Nos últimos seis anos, quatro blogueiros maranhenses foram assassinados no Estado. Veja:
Décio Sá, São Luís – MA
O jornalista do “O Estado do Maranhão” Décio Sá foi assassinado na noite de 23 de abril de 2012. Ele foi morto com cinco tiros, em um bar na Avenida Litorânea, em São Luís – MA. O atirador confessou o crime e denunciou os demais envolvidos em uma parceria entre empresários da região para matar o jornalista. Eles formavam uma quadrilha de agiotagem e roubo, vinculada a políticos locais. As investigações apontam que a morte do jornalista aconteceu em função de sua atividade investigativa à frente de seu blog pessoal. O delegado responsável pelas investigações do caso afirma que a morte de Décio Sá foi devido a uma matéria publicada em seu blog que relacionava a morte de Fábio Brasil, em Teresina do Piauí, com a agiotagem no Maranhão. Décio acompanhava a relação dos agiotas com políticos locais. Já havia revelado crimes de desvio de recursos públicos e extorsões envolvendo a quadrilha na região. O secretário afirmou que “devido a suas publicações no blog, o jornalista incomodava há muito tempo essa quadrilha e por isso foi tramada a sua morte”.
Ítalo Eduardo Diniz, Governador Nunes Freire – MA
Ítalo Diniz, blogueiro maranhense, foi assassinado a tiros no dia 13 de Novembro de 2015, na cidade de Governador Nunes Freire. Ele mantinha um blog em que cobria política local e trazia denúncias e críticas da população. Em seu blog, ele havido publicado posts relatando sofrer ameaças de morte e intimidações vindas de políticos e gestores públicos – razão pela qual acredita-se que o crime tenha sido cometido.
Roberto Lano, Buriticupu – MA
O blogueiro Orislandio Timóteo Araújo, mais conhecido como Roberto Lano, foi assassinado por tiros no dia 21 de novembro de 2015, em Buriticupu (MA). No último post em seu blog, Lano, criticou a construção de uma ponte pela prefeitura local – obra que, na opinião do blogueiro, ”é um grande símbolo de má gestão de um governo descompromissado com a coisa pública”.
Manoel “Benhur”, Grajaú – MA
No dia 10 de abril de 2016, Manoel Messias Pereira, autor de um blog sobre política local, foi morto a tiros pelas costas em Grajaú, cidade de 68 mil habitantes do interior do Maranhão, enquanto dirigia sua moto por uma via pública. Os disparos foram efetuados por dois homens e, segundo a polícia, nenhum pertence foi levado pelos suspeitos. O blogueiro levou dois tiros pelas costas e, segundo as autoridades locais, nenhum pertence do comunicador foi levado.
Profissão perigosa
Entre homicídios, tentativas de assassinato e ameaças de morte, o Maranhão registrou 14 casos contra blogueiros nos últimos seis anos.


essa materia:    Facebook  Twitter  Google+

0 comentários: